Johnnie Walker, Keep walking!

Confesso que não gosto nada de whiskys, alias, de bebida quente nenhuma, meu negócio é a boa e velha cerveja, mas aprecio os apreciadores – “Pode isso, Arnaldo?”.

Chega a ser engraçado o comportamento das pessoas diante dele.

– “Fui num casamento ontem.”
– “É?! Legal.”
– “Tinha Black Label e tudo…!”
– “Aí sim!! Foi mesmo?! Festa da zorra então, hein?!”

Já tentei experimentar diversas vezes, mas nunca, NUNCA, desce legal. E olhe que já experimentei a linha completa da Johnnie Walker.

Red Label: o mais consumido da linha, e conforme o próprio site da marca apresenta, “Muito versátil e universalmente atraente, com sabor intenso e vigoroso que se destaca mesmo quando misturado.”
Black Label: a partir dele começa a classificação por anos, com o mesmo tendo 12, já deixando-o no hall de bebidas de mais status.
Double Black: é basicamente uma série especial que deu certo e entrou na linha. Carrega consigo muito mais intensidade, tanto que no próprio site da empresa, indicam seu consumo com água para poder quebrar um pouco os sabores.
Gold Label: na categoria de idade, tem 15 anos, mas o que mais o destaca é o toque de mel em seu sabor e a cremosidade em sua textura. “Na minha humilde opinião de quem não gosta de whisky, é o mais gostoso da linha.”
Platinum Label: eis o único maior de idade da família, com 18 anos de maturação, e como reza a lenda das bebidas, quanto mais velha melhor.
Blue Label: o supra sumo da marca, o nectar dos deuses dos whiskys. Segundo definição da própria marca, “uma obra prima incomparável. Apenas um a cada dez mil barris possui a indescritível qualidade, personalidade e sabor para entregar “a notável assinatura de sabor” – Tá bom ou quer mais!?

Uma curiosidade bastante interessante sobre a marca, é que Recife, capital Pernambucana, é o maior público consumidor de Red Label do mundo, tendo inclusive, no ano de 2012, representado 40% do consumo mundial.

Mas vá lá, não estamos aqui para falar da bebida, mas da publicidade que elas fazem.

Já falamos aqui da belíssima campanha do Blue Label, em que o ator britânico Jude Law e o italiano Giancarlo Giannini, para apresentar todo o glamour do rótulo, fazem apostas entre cavalheiros, primeiro com um barco raro feito a mão e depois com um carro de corrida raríssimo, da década de 20 – “E não poderíamos esperar menos do rótulo mais importante – e caro – da marca”.

A marca Johnnie Walker possui ainda outras propagandas lendárias, que para não ficarem de fora da festa, serão apresentadas. No canal do Youtube, sendo maior de idade, você pode ver, se não todas, um grande número desses belos vídeos, que sempre destacam o homem, e sua eterna caminhada, como mote principal.

Apreciem sem moderação.

O Gigante acordou

Imortal

Você daqui 5 anos

O otimismo te leva mais longe

O homem que andou ao redor do mundo (Fantástica)

Bruce Lee

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...