Pantones reais

Quem trabalha na área publicitária, gráfica ou de comunicação em geral está bastante habituado a ouvir falar em Pantone, mas será que realmente sabem do que se trata?!

Para muitos, tratam-se apenas dos “nomes das cores”, para outros, um sistema de cores difícil de achar nos Corels e Photoshops da vida, para outros, um livrinho que sempre tem em gráficas apresentado vários tons de azuis, amarelos, verdes, etc. Ambos estão relativamente certos, mas o que uma minoria sabe é que por trás desse nome tão usado entre designers, impressores, criativos e vários outros profissionais, existe uma grande empresa com mais de 50 anos de mercado e mundialmente conhecida por seu sistema de cores, a Pantone Inc..

Em resumo, a Pantone trabalhava com cartões de cores para empresas cosméticas, apresentando as variações de pigmentos disponíveis para esmaltes, batons, sombras e todos as outras armas que deixam as mulheres ainda bonitas e irresistíveis. Lawrence Herbert, diretor da empresa em 1962, resolveu expandir os horizontes e aumentar “seu catálogo” de cores, criando um dos sistemas mais conhecidos e usados no mercado.

Funciona mais ou menos assim – usando-se o famoso CMYK (isso é assunto para um outro post) como exemplo e referencia – o amarelo puro, em se tratando de montagem da cor, é composto por 100% de pigmento amarelo e 0% de de pigmentos cian, magenta e preto; o amarelo escuro, por 100% de amarelo, 50% de preto e 0% de cian e magenta, e; o amarelo claro por 50% de amarelo e 0% de cian, magenta e preto.

Deve ter um monte de gente não entendendo nada…

O grande negócio é que o amarelo não apenas se resume a essas três tonalidades – amarelo puro, claro e escuro – mas a uma variação muito, mas muito grande mesmo. Só para se ter ideia, todas as cores, matizes e tonalidades existentes entre o vermelho e o laranja, são amarelas.

O que a Pantone fez?! Reuniu diversas dessas variações e lhes deu “nomes”, ou seja, identificou a forma de se chegar nessas cores. Por exemplo, o Pantone 101 C é formado por 68% de amarelo e 0% de cian, magenta e preto, ou; o Pantone Yellow UP é formado por 93% de amarelo e 0% de cian, magenta e preto. Deu pra entender?!

Mas o objetivo desse post não foi falar sobre a Pantone, como empresa e escala de cores – pelo menos em se tratando dos famosos catálogos, impressos ou nos próprios programas de editoração, fabricação de tintas, etc – mas sim mostrar o belo trabalho criado pelo pessoal do Tumblr Tiny PMS Match, que reuniu de forma muito criativa a representação desses Pantones na vida real, em objetos que fazem parte do nosso dia a dia. Assim dá pra entender um pouco melhor o que falamos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...