X
Menu

Espelho, espelho meu!

Espelho, espelho meu!

– Espelho, espelho meu, existe alguém mais bela do que eu?!
– Sim Bruxa má, várias. Infelizmente você não aprendeu a usar o Photoshop!!

Nos dias de hoje a bruxa da Branca de Neve estaria perdida em sua eterna dúvida sobre a beleza.

Essa pequena brincadeira traduz muito bem sobre nosso assunto de hoje, a ditadura da beleza artificial, onde quem sabe trabalhar mais com o Photoshop ou outros softwares de tratamentos de imagem, sempre ganharam a disputa do mais belo. Mesmo transformando mulheres reais em seres acima da imaginação.

O assunto foi jogado no ventilador pela Dove, em sua lendária campanha “A evolução da beleza”, lançada em 2006 e até hoje bastante comentada e com milhões de visualizações. O vídeo mostra a transformação de uma mulher normal, com olheiras, manchas na pele e espinhas, numa modelo para um anúncio de outdoor. Lembra?!

O vídeo de hoje, através de técnicas e softwares mais modernos, vai ainda mais longe, mostrando a transformação sendo feita em forma de clipe de música, ou seja, todo em movimento enquanto a artista canta e representa.

O clipe é de uma cantora real, a búlgara, Boogie, que através da sua música “Nouveau Parfum” faz uma crítica aos padrões de beleza impostos por revistas, desfiles de moda, filmes ou programas de televisão, e que infelizmente fazem muitas mulheres correrem atrás de uma perfeição ou imagem que não existem na realidade. Numa das frases da música a artista ainda fala: “Não sou um produto, eles não podem mudar o que eu sou”. Mas no vídeo eles conseguem, e fazem uma grande mudança!

Assistam e vejam se realmente vale a pena essa busca desenfreada sobre o belo, que de certa forma só existe através de programas de computador. Deixe seu comentário, mas principalmente, seja você mesmo, homem ou mulher. No fundo, as pessoas gostem de quem você é, não de quem procura ser.

Categorias

Acompanhe-nos no Facebook