X
Menu

Psicologia dos preços

Psicologia dos preços

Você sabia que existe uma psicologia por trás dos preços que vemos em lojas, mercados, sites e tantos outros lugares em que há relação comercial de produtos/serviços e um público consumidor, e que esses números, muito mais que o simples valor das coisas, servem para persuadir consumidores do mundo inteiro, independente do segmento ou classe social?

A psicologia dos preços é uma abordagem que se utiliza desses valores para influenciar as pessoas na tomada de decisão, ajudando ou prejudicando o cliente na hora persuadi-lo a adquirir um bem ou serviço.

Para empresas e negócios, identificar a estratégia mais adequada para essa precificação é fundamental para o sucesso, já que, como dito acima, o valor de cada produto ou serviços influi diretamente – e sem que ao menos saibamos – na probabilidade de compra, desistência, valorização ou desvalorização do produto ou serviço em questão.

Diante de mercados cada vez mais competitivos, saiba que existem “truques” ou atalhos psicológicos usados para incentivar a aquisição desses bens ou serviços.
Dá só uma olhada:

  • Preços que terminam com números aleatórios, como R$ 3,27, R$ 6,43 ou 12,82, por exemplo, tendem a dar a sensação de serem mais baratos;
  • Além de serem associados a descontos e promoções, valores que terminam com ,99, incrivelmente tendem a ser arredondados para baixo, ou seja, um produto de R$ 2,99, mesmo estando mais próximo dos R$ 3,00, é arredondado para R$ 2,00;
  • Preços cheios ou fechados, como R$ 100,00, R$ 250,00 ou R$ 20,00, por exemplo, são entendidos como apresentando maior qualidade.

Faz sentido? Você concorda?

Fato é que existem diversos livros e estudos sobre o tema, inclusive profissionais com formação específica na área para ajudar empresas e negócios a precificarem seus produtos e serviços de forma correta e atrativa para os consumidores.

Categorias

Acompanhe-nos no Facebook